Eu te desafio a me amar quando eu estiver forte. Não se deixe intimidar pela minha força. Não deixe que você se sinta pequeno. Não deixe que isso o inferiorize. Seja fortalecido por isso. Encontre conforto no fato de eu não precisar de você, mas eu quero você.

Eu te desafio a me amar quando eu estiver errada. Porque eu irei. Talvez até um milhão de vezes. Mas eu espero que você me poupe um milhão de “eu te avisei”.

Eu te desafio a me amar quando você estiver errado. Porque você irá. Talvez até um milhão de vezes. E eu vou poupar um milhão de ‘eu te avisei’.

Eu te desafio a me amar quando eu chorar. Não deixe minhas lágrimas te assustarem. Eles costumavam me assustar, mas agora eu encontro forças em deixá-las cair. Eu encontro forças em secá-las eu mesma, mas te darei uma chance de me mostrar do que você é feito. Então me mostre.

Eu te desafio a me amar quando eu me machucar. Não deixe minha força te enganar; Eu me machuco facilmente. Então, quando estiver machucada, peço-lhe para ajudar a encontrar minhas peças e juntá-las novamente. Eu prometo fazer o mesmo por você.

Eu te desafio a me amar quando estiver procurando por uma mão para segurar. É difícil para mim chegar e pedir ajuda, então, quando eu fizer isso, esteja lá. Eu não estou procurando seus ombros para me carregar, apenas por sua orientação para me dirigir.

Eu te desafio a me amar quando eu falhar. Porque minha alma tem fome de aventura, e a aventura está fadada a falhar comigo. Minha alma tem fome de fogo e fogo queima. Minha alma tem fome de paixão e a paixão é passageira. Mas quando minha alma anseia por seu amor, espero que nunca me falhe.

É fácil para você me amar quando eu estou inteira, mas eu estou sentada aqui, desafiando você a me amar por inteiro, mesmo quando eu estiver em pedaços.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Coração de Elástico
Coletânea de textos sobre sentimentos