O amor não deveria confundir você. Não deveria fazer você se sentir como se não fosse boa o suficiente, não deveria fazer você se sentir como se tivesse que mudar para ser digna dele. O amor não deveria fazer joguinhos. O amor não é uma luta pelo poder, não é algo que você deveria capturar ou perseguir ou caçar no mundo. O amor é confiança. O amor é uma garantia implacável – o tipo que você sente profundamente em seus ossos. O amor é saber que alguém se preocupa com você, é saber que você é apreciada, valorizada e escolhida todos os dias. O amor é segurança.

O amor não deveria condenar você. Quando você está com alguém, e seu batimento cardíaco te acorda no meio da noite, quando seus sentimentos apertam seu peito e você não pode deixar de se jogar em seus braços, o amor não deveria acalmá-la. O amor não deveria te caluniar por sentir profundamente, por amar com afinco, por ser o tipo de pessoa que só sabe ser suave, ou que só sabe queimar. O amor deveria protegê-la, deveria defender você, deveria encorajar a ternura, a profundidade, o fogo. O amor deveria ser um lugar seguro.

O amor não deveria se afastar de você. Não deveria fugir quando as coisas ficam difíceis. Não deveria correr, não deveria abandoná-la quando as dificuldades da vida pairam pesadas no ar. O amor é mais forte do que qualquer coisa que você já conheceu – tem a capacidade de suportar, tem a base para superar. O amor não desiste. O amor não vai pelo caminho mais fácil. O amor luta. O amor sempre luta.

O amor não deveria te quebrar em pedaços. Meu Deus, se há alguma coisa que você deveria saber sobre o amor, é que ele nunca deveria destruí-la, nunca deveria rasgá-la em pedaços apenas depois te abandonar. Não deveria fazer você sentir dor, não deveria machucar sua alma. O amor nunca deveria dar de ombros quando as coisas ficam difíceis, ele não deveria usar suas vulnerabilidades contra você quando se sentir ameaçada ou ferida.

Não, o amor não deveria quebrar você – o amor deveria construir você. Deveria encorajá-la, deveria inspirá-la a ser exatamente quem você sempre quis ser. O amor deveria ser uma âncora de paz em sua vida, deveria cuidar de você. O amor deveria desafiá-la, deveria ensiná-la. deveria ficar ao seu lado enquanto você se entende, deveria segurar sua mão enquanto você cresce. O amor deveria sempre deixá-la melhor do que quando te encontrou.

O amor deveria ser sempre suave.

Por favor, nunca se esqueça disso.

Texto de Bianca Sparacino, via Thought Catalog, traduzido por Coração de Elástico

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Coração de Elástico
Coletânea de textos sobre sentimentos