Você acabou de conhecê-lo. Você está solteira. Fora de um relacionamento difícil e pronta para conhecer alguém novo. Na verdade, você precisa disso, de alguém que vá fazer você se sentir bem, que vá te elevar e fazer você se se sentir única.

Você está procurando por esse tipo de relacionamento novo, que leva você as nuvens. E aqui está ele! Ele é incrível, com uma aparência marcante, espirituoso, com um grande senso de humor. Ele faz você rir. Ele é o melhor amante. Você pode ver sua vida avançar com esse cara. Parece ótimo. Isso é ótimo.

Então começa. O jogo da espera.

Você verifica seu telefone, não tem nenhuma chamada perdida. Talvez uma mensagem? Nada. Você verifica suas redes sociais por algum sinal. Nada ainda. Será que sua mensagem de alguma forma se perdeu na vastidão do ciberespaço? Um vazio escuro aparece ao seu redor. A tela do seu celular é burra.

Você está sozinha, isolada, abandonada.

Onde está você? Onde ele está? Você se aventura a ser a primeira a se comunicar. O “nada” está ferindo sua alma. A ausência está perfurando sua mente com uma única pergunta:

“Por quê?”

Quando ele reaparece, você percebe que o sorriso dele é falso, embora sua compatibilidade sexual seja real. Seu corpo está em chamas e sua mente não tem nenhuma satisfação, nenhuma promessa, nem uma pista sobre a próxima vez. Você pergunta a ele quando vão se ver de novo e então a resposta dele é uma “não-resposta”. Ele praticamente diz que isso não tem nada a ver com você, tem a ver apenas com ele. Ele precisa de espaço, ar, água, o que for…

Basicamente, ele diz que precisa de qualquer outra coisa, mas não de você.

Eu sei. É tão difícil de digerir. Apenas não caia na armadilha. Não caia no vórtice de “eu preciso de espaço”, a menos que você esteja disposta a ser engolida por isso.

Então aqui está a verdade nua e crua do que você deve fazer:

Ciao, adieux, so long, adios, geia sou, tantas maneiras de dizer adeus e ir embora. Deixe e viva. Você merece mais.

Você merece tudo que você quiser do jeito que você quiser. Não comece a se comprometer antes mesmo de estar um relacionamento sério. Faça um favor a si mesma e vá embora. Mantenha o bem que você conseguiu com esse encontro e siga em frente. Você tem sua vida para viver da maneira que você desejar.

Texto de Liza Varvogli – via Thought Catalog, Traduzido por Coração de elástico

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Coração de Elástico
Coletânea de textos sobre sentimentos